Conciliação: dois aeroportos de SP contam com juizados especiais

Brasília, 04-12-2013 - Aeroporto Juscelino Kubitschek Brasília DF: Luiz Silveira/Agência CNJ

Os juizados especiais dos aeroportos de Congonhas (Capital) e Cumbica (Guarulhos) atendem passageiros que enfrentam problemas com as companhias aéreas e buscam uma conciliação. Recebem reclamações por falta de informação,overbooking, atrasos e cancelamentos de viagens, extravio e violação de bagagens, entre outras demandas.

No local, tenta-se um acordo entre as partes. Quando não há conciliação, a demanda vira processo, que é encaminhado para o Juizado Especial Cível do domicílio do reclamante, mesmo que em outro Estado.

Leia também:

Alagoas cria sistema de distribuição automática de ações no 1º grau

O presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL), desembargador Otávio Praxedes, debateu, na quinta …