Esquema na Unimed com Complexo Hospitalar Jd. Cuiabá poderá prejudicar Hospitais e fazer direcionamento de pacientes

Por Claudio Natal – Jornalista

Questão envolve dinheiro e caso amoroso

Diante de todos os absurdos técnicos que estamos vivenciando todos os dias no Complexo Hospitalar Jd. Cuiabá, como falta de licenciamentos (alvará sanitário, alvará de funcionamento, falta de controle de contaminação de paciente, reclamação de médico do pronto atendimento da falta de medicamento hidrocortisona e até mesmo a morte de paciente por negligência) agora nos deparamos com mais um absurdo, para não dizer, abuso de caráter administrativo. A importadora e exportadora sem condições de administrar o Hospital que está sob nova administração onde mentiu no processo  Código: 1160121 da 7ª Vara Cível de Cuiabá-MT para tomar a administração do Hospital que tinha capacidade técnica para tal, agora descontrolada está entregando a administração do hospital a Terceiros e pior além da incompetência na administração que resultou na terceirização trata-se de ato nebuloso que envolve a Unimed que estranhamente está pagando as dívidas do nosocômio com empréstimos como se Banco fosse.

Entenda o caso.
A Unimed Cuiabá, maior operadora de saúde do estado de Mato Grosso, sendo responsável pelo maior percentual de atendimento dos hospitais de grande porte de Cuiabá, que rotineiramente, faz empréstimos em formato de adiantamentos do faturamento do Hospital, a título de auxílio financeiro, fez operações duvidosas para o Complexo Hospitalar Jd. Cuiabá que agora veem à tona, qual motivo de ficar dando dinheiro para um Hospital? A Unimed de Cuiabá-MT, sob a presidência do médico Rubens foi a primeira operadora a realizar o credenciamento de uma unidade Hospitalar (Complexo Hospitalar Jd. Cuiabá) sem os devidos licenciamentos para funcionamento, colocando seus clientes expostos a todos os riscos de contaminação de uma unidade que não está dentro dos parâmetros sanitários e requisitos legais de funcionamento, realizou empréstimos, de aproximadamente 3 milhões de reais sem garantias reais dos membros da sociedade e qual a vantagem disso?
Médico Rubens – Presidente da Unimed namorado de Mellina permitiu envolver a cooperativa nessa lama
Como se não bastasse, essa grande irregularidade cometida pela Unimed credenciar Hospital com alvará indeferido o fato que vem à tona é o seguinte:
Sem capacidade de administrar o Hospital a atual diretoria como já dito está terceirizando e entregando a administração a terceiros com a mais nova contratação de uma empresa para tentar salvar a péssima administração que se encontra o nosocômio sob o comando da Dra. Ele Maria Kuhn e Dra. Sandra Georgeto. Esse fato decorreu depois da demissão da então administradora, Sra. Geneci, pois a má administração causou a morte por infecção com intestino perfurado de uma paciente que causou clamor social chegando à beira de meio milhão de visualizações só no facebook. A nova empresa que vai administrada o Hospital é denominada Sagaz Consultoria Empresarial e aí vem a penumbra, trata-se de uma empresa registrada no nome da Sra. Juliana Bento de Oliveira, que COINCIDENTEMENTE é esposa do então Superintendente Administrativo e Financeiro da Unimed Cuiabá, Sr. Eroaldo Oliveira braço direito do atual presidente da Unimed Sr. Rubens e pior Juliana Bento de Oliveira é gerente de relacionamento do Banco do Brasil, o que aparentemente não teria tempo suficiente para administrar um Hospital com tantas dificuldades a não ser trabalhar no Banco em favor do Hospital para que o mesmo possa emprestar mais dinheiro.
As coincidências não param por aqui! A penumbra escurece mais ainda, a Sagaz, empresa criada apenas para usar a Unimed como fabrica de lucros $$$, outro fato pior vem à tona uma vez que esta redação descobriu que a Gerente Administrativa Financeira da empresa Sagaz, é a senhora Mellina de Figueiredo Costa, affair do Sr. Presidente da Unimed Cuiabá, médico Rubens Carlos Oliveira Junior.
Sendo assim, a empresa de consultoria criada em janeiro de 2017, por coincidência a data de entrada do Sr. Eroaldo Oliveira na Unimed Cuiabá, de sua esposa, é gerida pela namorada do médico Sr. Rubens, que é seu chefe e estranhamente vem pagando as contas do Hospital com empréstimos na forma de adiantamentos. Em troca desses empréstimos a namorada do atual presidente será a maior beneficiada com uma contratação de uma empresa de fachada criada em nome de uma funcionária do Banco do Brasil com pagamento de valor vultuoso mensal.
E a dúvida é uma só: alguém percebe o conflito de interesses nessa contratação??
Os hospitais de Cuiaba serão diretamente atingidos com o possível direcionamento de atenção da maior operadora do estado a um único hospital do município!
É a primeira vez em toda História da Unimed em que um Presidente (Rubens) usa a instituição/operadora/cooperativa para beneficiar uma namorada aproveitando da incompetência administrativa dum hospital que está entregando a administração a uma empresa Terceirizada porque mentiu num processo que teria condições de administrar o nesocomio e obteve decisão Judicial neste sentido lembrando que a Sagaz á proprietária não tem tempo de administrar nada porque trabalha em tempo integral no Banco do brasil! tratando-se apenas de aproveitamento do presidente no esquema para emplacar sua affair diante de iminência falência do Hospital.
Cartão CNPJ Empresa Sagaz de propriedade de Juliana
Erolado põe no próprio Facebook que é Financeiro da Unimed

 

FaceBook de Juliana comprovando que é funcionária do Banco do Brasil

 

Facebook de Melina affair do presidente da Unimed(Rubens) ela mesma postou ser gerente administradora da Sagaz Assessoria Empresarial

Leia também:

PF apreende 11 fuzis no Aeroporto Santos Dumont

O destinatário do carregamento foi preso em flagrante Policiais federais apreenderam na noite de ontem …

3 comments

  1. A JUSTIÇA É CEGA, SURDA E MUDA !!

    Será que é de propósito ? Será que por propósito?
    Dra Ele e esposa de quem ? ? Acho q explica !!

    O que vale nesse nosso país é contato !!

    NÃO É JUIZ DE VALOR!!
    É por valor !!!!

  2. Esse presidente da Unimed todo mundo pode esperar isso

  3. Essa nova diretoria tá ferrando todo mundo.
    Pessoas que trabalham mais de 10 e 20 anos, sendo desligadas. Sem explicação. A palavra da atual gestão
    Antes do ocorrido, não haveria demissão.
    Hoje o colaborador saem de férias,
    sem certeza que ainda tem emprego.
    E sem falar na baixaria que fomos expostos quando
    Teve a saída dos antigos diretores.
    Esse hospital vai fechar as portas e a coletividade
    Pagará preço por tanta irresponsabilidade de
    Pessoas egocêntricas.