Jornal Página do Estado

Wellington cotado para ocupar a liderança de Bolsonaro

Marcus Vaillant

O nome do parlamentar Wellington Fagundes (PR) está sendo cotado para ser o líder do governo Jair Bolsonaro no Senado. A informação foi publicada nesta quinta-feira (7) pelo jornal Valor Econômico.

De acordo com a publicação, a articulação passa pelo presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), com quem Fagundes tem afinidade e bom trânsito, já que foi um dos articuladores de sua vitória para conduzir a Casa.

Outro nome que está sendo avaliado pelo Palácio do Planalto é do senador Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE). O cargo poderia ser entregue ao senador pernambucano numa articulação para tentar atrair o partido para a base governista. Pesa contra o senador, no entanto, o fato de ter ocupado a liderança do Governo Temer no Senado, após saída do ex-senador Romero Jucá.

Ao ser questionado sobre o assunto, o senador Wellington Fagundes evitou maiores comentários. “Ninguém  me consultou sobre o assunto”, disse.

Considerado moderado, Wellington já teve seu nome cotado para a liderança do Governo de Dilma Rousseff. O republicano goza de trânsito junto aos senadores e foi classificado como um dos “Cabeças do Congresso” pelo seu estilo articulador.

Na terça-feira, Wellington foi indicado como líder do Bloco Parlamentar Vanguarda, que reúne senadores do Democratas (DEM), do Partido Social Cristão (PSC) e do Partido da República (PR). O bloco conta com nove senadores e deverá influenciar na formação das comissões temáticas do Senado e também das comissões mista de medidas provisórias e de Orçamento do Congresso Nacional.

Fonte Gazeta Digital

Jornal Página do Estado

Leia também:

Intervenção da Santa Casa será feita em abril, diz Jayme Campos

“A intervenção da Santa Casa de Misericórdia será feito em abril”, garantiu o senador Jayme …