Jornal Página do Estado

ALMT recebe feira de artesanatos “Mulheres Arteiras”

A mostra que acontece no saguão da Casa de hoje (3) até sexta-feira (7), das 8 às 18 horas, reúne diversos produtos, desde artigos de artigos de decoração e vestimentas, até alimentos.

A Assembleia Legislativa recebe esta semana a exposição e feira de artesanatos “Mulheres Arteiras”. O evento realizado uma vez por ano na sede do Parlamento já se consolidou como um espaço para divulgar o trabalho manual realizado por diversas artesãs de Cuiabá. A mostra que acontece no saguão principal de hoje (3) até sexta-feira (7), das 8 às 18 horas, reúne diversos produtos, desde artigos de decoração e vestimentas, até alimentos. A Organização é do Instituto Memoria do Poder Legislativo (IMPL).

“O espaço cultural da ALMT é aberto para toda sociedade e já se constitui numa importante plataforma de integração e também de divulgação da cultura e da arte mato-grossense” afirma a superintendente do IMPL, Mara Visnadi.

Em exposição – A confecção de bonecas de pano é a paixão e o trabalho da artesã Annabel dos Reis Lemos, que trouxe amostras desse brinquedo tão importante para infância. “Procuramos fazer bonecas com diferentes tons pele para que cada criança encontre a sua representatividade”, destaca. “As bailarinas são as preferidas”, afirma. A confecção de bonecas teve início há quatorze anos, segundo ela, e começou com a mãe, mas com a divulgação a procura tem aumentado bastante, hoje envolve a família toda e até o pai participa da produção.

Dentre os produtos comercializados na exposição estão tapetes, jogos de cozinha, acessórios de linha e lã, bijuterias, acessórios infantis, bonecas, caixa em MDF decoradas, cucas, bolo de arroz, banana frita, entre outros.

Espaço – A superintendente do IMPL lembra que a disponibilização do espaço cultural da ALMT para exposições ou feiras é aberta para toda sociedade, grupos ou entidades culturais. Para realizar o evento é preciso procurar o Instituo Memória para apresentar o projeto verificar a disponibilidade de data.  O telefone de contato é o 3313-6938.

Fonte: ALMT

Jornal Página do Estado

Leia também:

Prédio do Núcleo Investigativo Operacional de Alto Araguaia é revitalizado

O NIO foi criado quando o deputado Claudinei era delegado regional em Rondonópolis. A população …