Jornal Página do Estado

Eventos neste final de semana chamam atenção para realização do Araguaia Cidadão

Uma série de ações será realizada neste final de semana em Alto Araguaia (415 quilômetros ao sul de Cuiabá) para divulgar o programa Araguaia Cidadão que terá início na próxima terça-feira (13 de agosto). A expedição levará serviços de Justiça, saúde, que promovam a cidadania e também consciência ambiental à população de seis municípios da região.
Na sexta-feira (9) à noite, será finalizado o campeonato de tênis, que teve início na quinta-feira (7) com a finalidade de arrecadar fundos para comprar cestas básicas e produtos de higiene pessoal. O evento é realizado em parceria com a Associação Atlética do Banco do Brasil (AABB) e os materiais serão doados para a população visitada durante a execução do programa.
Já no sábado (10), às 7h, será realizado um mutirão que navegará por 26 quilômetros do Rio Araguaia para divulgar o evento e fazer um chamamento da população para a conservação das margens do rio. Para isso, serão plantadas cerca de 200 mudas, entre elas, jatobá, buriti e ingá. A largada será feita da Barra do Sapinho e percorrerá as praias da Vereda, do Cotovelo, da Anta e da Concá.
No domingo (11), às 8h, será realizada a Primeira Corrida de Rua Araguaia Cidadão também com o intuito de marcar o evento. A ação já tem 70 pessoas inscritas que vão correr o percurso de 4.200 quilômetros ou participar da caminhada com a família em um percurso de 2 km. A saída e a chegada serão próximas ao fórum local.
O evento é realizado pelas Justiças Comunitárias do Tribunal de Justiça e de Alto Araguaia em parceria com entidades públicas e privadas. De acordo com a juíza-coordenadora da unidade em Alto Araguaia, Marina Carlos França, os eventos pré Araguaia Cidadão foram pensados no sentido de promover os serviços que serão realizados durante a ação e para isso foram utilizadas vertentes ecológicas e saudáveis.
Ela destaca também que nos 12 dias de expedição serão ofertados serviços voltados para o exercício do direito e cidadania. “Algumas dessas cidades são muito pequenas e estão distantes dos grandes centros urbanos, o que as torna carentes de certos atendimentos. É o caso de Araguainha, com 1,2 mil habitantes, e Ponte Branca, com 2 mil moradores. Dentre as opções, vamos apresentar os projetos Pai Presente, Padrinhos, Adotar é Legal e oferecer serviços como exame de DNA, emissão de documentos, segunda via de certidão e consultas médicas”, explica a magistrada.
O Araguaia Cidadão será realizado de 13 a 21 de agosto e percorrerá 1.500 km visitando os municípios de Alto Araguaia, Araguainha, Ponte Branca, Ribeirãozinho, Torixoréu e Pontal do Araguaia. Estima-se que na região morem aproximadamente 45 mil pessoas.
Fonte: PJMT
Jornal Página do Estado

Leia também:

Juiz tira férias e audiência para ouvir testemunhas fica para o próximo ano

O interrogatório de testemunhas na ação que investiga a morte do policial militar Abinoão Soares …