Jornal Página do Estado

‘Um menino muito amoroso’, diz pai sobre filho morto em acidente com esposa de ex-deputado

Reprodução

Marcos Souza da Costa, 30, não imaginava que domingo (11) seria o seu último Dia dos Pais ao lado do filho Daniel Augusto da Silva, 3 anos. O menino morreu após um acidente de trânsito em Rondonópolis (212 km ao Sul de Cuiabá). Na direção do carro estava Lidiane Campos, esposa do ex-deputado federal Adilton Sachetti (PRB).

Com uma fratura no pé e usando muleta, ele disse em entrevista à TV Cidade Record que a família quer justiça e lembrou das características do filho.

“Foi um dia maravilhoso. Dia dos Pais é tudo para quem tem o filho ao lado, saímos para nos divertir, fomos ao horto florestal, comemos, brincamos, mas na vinda para casa acontece a fatalidade (…) estou muito revoltado, queremos justiça”, disse.

Marcos disse ainda que Lidiane, motorista da Hilux que bateu na moto em que a família estava é uma pessoa “sem consciência no trânsito”.

Agora fica a saudade. Marcos lembrou que o filho era um menino muito amoroso, que chamava a madrasta de mãe, mesmo após ter sido ensinado a chamá-la de titia.

“Um menino muito amoroso o meu filho, ia ser um menino idependente, muito inteligente”, finalizou.

Madrasta não se despediu

Com lesões por todo o corpo, Dayane Palmeira dos Santos, 35, lembrou que não conseguiu se despedir do enteado, já que ficou internada por mais de 24 horas no Hospital Regional.

“Eu cheguei inconsciente no hospital e só saí ontem (terça-feira). Era um amorzinho. Um anjo que está com Deus agora. Eu estou com uma dor muito forte, imagina a mãe dele”.

Ela se lembra de minutos antes do acidente. Disse que chegou a ver o carro e que gritou “vai bater”. Depois disso, só acordou no hospital.

“Meu coração está partido. Imagina o da mãe dele, não dei o último adeus, ele era muito apegado comigo. Me abraçava, estava sempre com a gente”, contou a madrasta.

Advogado da família, Ronaldo Bezerra, lembrou que devido ao estado em que o carro foi encontrado, fica evidente que Lidiane estava em alta velocidade. Não há informações sobre a perícia do carro.

Assistência

Apesar de o advogado Wilson Lopes estar acompanhando o caso desde o dia do acidente, Marcos e Dayane informaram que ainda não receberam nenhum auxilio de Lidiane Campos.

A reportagem do Gazeta Digital entrou em contato com Lopes, mas não obteve retorno até a publicação.

Lidiane é atual esposa do ex-deputado Adilton Sachetti. Ela é empresária, mas é conhecida pelas redes sociais, onde compartilha sua rotina diária e ‘lifestyle’. É considerada blogueira e digital influencer.

No dia do acidente, Lidiane bateu o veículo na moto em que estavam Marcos, Dayane e Daniel. Em seguida, teria fugiu pela contramão sem prestar socorro no local.

Desde então, o marido Sachetti declarou à imprensa que ela está sob efeitos de medicamento. Ela ainda não prestou depoimento à Polícia Civil.

Advogado da família, Ronaldo Bezerra, lembrou que devido ao estado em que o carro foi encontrado, fica evidente que Lidiane estava em alta velocidade.

Não há informações sobre a perícia do carro. A delegada Ludimila Zorzetti Vendramel, responsável pela investigação, disse que Lidiane pode responder por homicídio culposo na direção do veículo com aumento de pena pela omissão de socorro.(Com informações da TV Cidade Record)

Vídeo

Fonte: Gazeta Digital
Jornal Página do Estado

Leia também:

Depois de dois anos parado, aparelho de hemodinâmica irá funcionar em Cuiabá

A polêmica em torno do aparelho de hemodinâmica do Hospital São Benedito, em Cuiabá, que …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *