Jornal Página do Estado

Vereador propõe que Várzea Grande construa sede do IML

Marcus Vaillant

O vereador Rogerinho da Dakar (sem partido) apresentou uma emenda aditiva à Lei Orçamentária Anual (LOA) de Várzea Grande, para que o município destine recursos para a construção de uma sede do Instituto Médico Legal (IML) na cidade.

A proposta é que R$ 3 milhões sejam destinados para essa finalidade. O orçamento total para 2020 é de R$ 928,4 milhões, o que representa um aumento de 16% em relação a 2019.

Segundo o vereador, o município tem mais de 300 mil habitantes, mas ainda depende da Capital para atender todos os óbitos, além de serviços como exame de corpo de delito, constatação de violência sexual, entre outros.

“Os corpos daqueles que aqui falecem são levados para Cuiabá para os procedimentos de praxe do IML. Porém, Cuiabá encontra-se saturada com esse serviço, há uma grande demora em liberar os corpos que por lá chegam, causando dor e constrangimento às famílias. Espero que o Poder Executivo se sensibilize construindo nosso próprio IML e em convênio com o Estado possam realizar os serviços de rotina”, enfatiza o vereador.

A proposta está sob análise da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara. A emenda será discutida e votada pela Comissão até 10 de dezembro. (Com informações da assessoria)

Fonte: Gazeta Digital

Jornal Página do Estado

Leia também:

Júlio Campos diz que ala do DEM defende seu nome para Prefeitura de Cuiabá

O ex-governador Júlio Campos (DEM) declarou que uma ala do DEM defende o seu nome …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *